Vídeo mostra escola transformada no Vacaciones Solidárias em Curitiba

04 de dezembro de 2018
Na imagem, colaboradores vestindo a camiseta do programa Vacaciones Solidárias seguram cartaz ilustrado com carimbo das mãos de jovens da Escola Especializada Primavera.

Em setembro, voluntários do Grupo Telefônica vindos de vários países trabalharam para melhorar processos de inclusão na Escola Especializada Primavera, em Curitiba-PR, que atende estudantes com deficiência. Foram 15 dias de uma experiência transformadora.

Este foi o primeiro ano em que o Vacaciones Solidárias, programa pelo qual colaboradores doam parte de suas férias para promoverem ações em instituições, contou com duas edições no Brasil. A primeira aconteceu em agosto, em uma escola de educação infantil de Manaus .

Na mais recente, entre 10 e 21 de setembro, foi a vez de transformar a instituição filantrópica curitibana. Saídos de Brasília, Fortaleza, São Paulo, Argentina, Chile, Colômbia, Espanha e Venezuela, os voluntários desembarcaram com três missões principais: melhorar a comunicação de modo a tornar a Escola Primavera mais conhecida, aumentar a inclusão dos alunos no mercado de trabalho e proporcionar acesso a novos conhecimentos e inovação.

Em uma das atividades, o grupo de inovação participou, junto com algumas professoras, de uma capacitação especial do Programaê, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo e da Fundação Lemann para o desenvolvimento do pensamento computacional. A partir das oficinas, os voluntários criaram atividades pedagógicas para disseminar os conhecimentos aos alunos.

O vídeo a seguir resume todas essas ações e mostra como voluntários e alunos criaram um laço que durará muito além do Vacaciones Solidárias: