Educação 360 chega a São Paulo pela primeira vez e debate a BNCC

07 de dezembro de 2018

Encontro reúne nomes nacionais e internacionais importantes da educação e discute a nova Base Nacional Comum Curricular com palestras e workshops

Na imagem, vemos jovens circulando em frente ao longo do evento Educação 360, composto de linhas circulares coloridas.

No dia 12 de dezembro, o Instituto Tomie Ohtake, recebe pela primeira vez em São Paulo o evento Educação 360. O encontro internacional é temático e reúne profissionais brasileiros e estrangeiros que vivenciam e pensam a educação sob diferentes pontos de vista. Na capital paulista, o assunto será a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A iniciativa é organizada pelos jornais Extra e O Globo, e conta com o apoio da Fundação Telefônica Vivo.

As atividades também contam com workshops e painéis, que abordarão a relevância da implementação do documento da BNCC para reduzir as desigualdades e garantir uma educação de qualidade. Na programação haverá palestras magnas, com convidados nacionais e internacionais, e apresentação de metodologias e novos desafios na área.

O painel de abertura terá a participação de Andreas Schleicher, coordenador do Programa de Avaliação Internacional de Alunos (PISA) e outros instrumentos internacionais que criam uma plataforma global para formuladores de políticas, pesquisadores e educadores para inovar e transformar práticas educacionais.

Participam ainda dos painéis Anna Penido, diretora do Inspirare – instituto cuja missão é inspirar inovações para melhorar a educação brasileira, Daniel Cara, coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Miguel Thompson , diretor executivo do Instituto Singularidades, entre outros especialistas.

A Fundação Telefônica Vivo promove duas oficinas: “Por uma escola mais digital: objetos de aprendizagem em sintonia com a BNCC”, com Beto Silva, orientador do programa Escola Digital, e “Os desafios da BNCC – A importância da integração do pensamento computacional ao Currículo para o desenvolvimento de competências e habilidades do cidadão do séc. XXI”, com Monica Mandaji, que integra o Programaê!.

O encontro internacional teve outras edições no Rio de Janeiro com foco em tecnologia, o papel do professor e do jovem, além do debate sobre metodologias como o STEAM, aprofundando ainda mais a busca por uma melhor educação no país.

A inscrição é gratuita e se encerra às 9h do dia 12 de dezembro, podendo ser feita na aba Programação do site oficial. O evento terá transmissão ao vivo pelo Canal Futura e a cobertura completa pelas redes sociais da Fundação Telefônica Vivo – FacebookTwitter e Instagram.

Venha participar dos debates sobre a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o futuro da educação ao lado de grandes especialistas da área!

Programação especial Fundação Telefônica Vivo:

Workshop: “Por uma escola mais digital: objetos de aprendizagem em sintonia com a BNCC”
Horário: 10h30 às 12h
Com todas as transformações na sociedade e na educação que estão ocorrendo no século XXI, o papel do professor passa a ser repensado e reconfigurado. Neste contexto, é necessário que o professor possa personalizar suas práticas.
Facilitador da oficina: Beto Silva
Workshop: Os desafios da BNCC – A importância da integração do pensamento computacional ao Currículo para o desenvolvimento de competências e habilidades do cidadão do séc. XXI
Horário: 15h às 16h30
Tem o objetivo de discutir o tema e auxiliar gestores e professores a compreenderem a relação da Cultura Digital e do Pensamento Computacional com a sociedade atual e a dar início a uma reflexão sobre como desenvolver e implantar um currículo de programação em suas escolas ou redes de ensino.
Palestrante: Dra. Monica Mandaji

Educação 360 – BNCC

Data: 12 de dezembro de 2018.
Local: Rua Coropé, 88 – Pinheiros, São Paulo (Instituto Tomie Ohtake)
Horário: das 9h às 19h
Inscrições: pelo site do evento.



Deixe uma resposta aqui