Retrospectiva 2019: veja o que foi destaque em Empreendedorismo Social

27 de dezembro de 2019

Confira as sete matérias mais lidas sobre Empreendedorismo Social no site da Fundação Telefônica Vivo


Fazer a diferença no seu bairro, cidade, estado e até no país. O desejo de mudar realidades e o mundo tem feito com que cada vez mais pessoas escolham o caminho do empreendedorismo social. E quando se trata de unir propósito com empreendedorismo, os jovens saem na frente.

A pesquisa Juventudes e Conexões ouviu mais de 1.400 jovens, entre 15 e 29 anos, das cinco regiões do país sobre quatro temas: educação, participação social, comportamento e empreendedorismo. O estudo aponta que 51% dos jovens pesquisados se consideram empreendedores, uma percepção que está em alta e indica que o tema ganha cada vez mais espaço.

De modo geral, foi identificada a necessidade de se ter uma atitude empreendedora para a vida. Independentemente de se abrir um negócio próprio, os jovens acreditam que é preciso olhar para empreendedorismo como um conceito amplo, que demanda o desenvolvimento de competências e habilidades a serem estimulados desde cedo.

O ano foi de estreia para novos projetos focados em empreendedorismo. O Pense Grande Sua Quebrada uniu forças com cinco coletivos de comunicação das periferias de São Paulo: Alma PretaDesenrola e não me enrolaHistorioramaPeriferia em Movimento e Agência Mural. Os coletivos produziram uma série de conteúdos por meio da rede de notícias com o objetivo de democratizar a linguagem e o acesso ao universo do empreendedorismo social.

A Websérie do Programa Pense Grande, dividida em quatro episódios, trouxe relatos de experiências vivenciadas pelos participantes do Pense Grande Incubação 2018 durante uma jornada transformadora.

Teve ainda a 2ª temporada do Pense Grande Podcast. Voltados para jovens empreendedores, os sete novos episódios disponíveis gratuitamente para download falaram de assuntos como autocuidado, cultura maker, gestão de recursos, como fazer um podcast e muito mais.  O público também pôde participar da escolha dos temas votando nas redes sociais da Fundação Telefônica Vivo.

No site, o tema também apareceu em muitas matérias. Confira as que se destacaram em 2019.

Websérie aborda desafios e emoções do empreendedorismo jovem

Imagem mostra dois jovens sentados em cadeiras sorrindo para a foto

Sonhos, paixão, desafios, amadurecimento, ir além e acreditar. Essas são algumas das palavras mais faladas pelos jovens que narraram suas trajetórias empreendedoras na Websérie Pense Grande Incubação. Ao longo de quatro episódios, as histórias de vida, os negócios sociais transformadores e a trajetória desses jovens espalhados por diferentes estados do Brasil ganham visibilidade.

Professor e alunos transformam projeto de horta em startup

Na imagem, um grupo de alunos de uniforme posa para foto em grupo junto ao professor deles

Ao pensar em projetos escolares como conquistas passageiras, alunos tendem a não se dedicar ou mesmo não manifestar interesse em fazer parte deles. Por isso, o professor Marcos da Costa Mendes, 35 anos, encontrou uma maneira diferente de ensinar aos alunos, como combinar conhecimentos interdisciplinares para construir uma horta, pensando nela como uma startup que promova impacto social e ambiental.

Educadores recebem formação para multiplicar metodologia em empreendedorismo social

Na imagem, grupo que participou da formação do Pense Grande posa para foto usando a camiseta do programa

Com o intuito de ampliar o potencial transformador dos jovens estudantes e engajá-los na cultura do empreendedorismo social, o Pense Grande iniciou uma nova frente de atuação: a formação de educadores para que se tornem multiplicadores da metodologia do programa. O Pense Grande passou a trabalhar com a multiplicação da sua metodologia de empreendedorismo social dentro do espaço escolar para garantir um alcance cada vez maior do público, que continua focado no diálogo com o jovem.

Empreendedorismo e educação: aprenda a empreender em sala de aula

A imagem mostra quatro pessoas sorrindo enquanto olham para um quadro transparente em que se vê post-its colados.

Alunos de várias regiões do Brasil, de diferentes classes sociais e de faixas etárias diversas concordam: unir empreendedorismo e educação em sala de aula pode trazer benefícios para o aprendizado, para a prática dos educadores e, principalmente, pode inspirar aqueles que sonham em tirar as ideias do papel. Saiba mais sobre o papel dos educadores na identificação, inspiração e formação de jovens empreendedores, que podem contribuir para a transformação social do país.

Ativista Winnie Bueno cria ‘Tinder dos Livros’ e revoluciona pela literatura

Imagem da jovem Winnie Bueno sorrindo

O ‘Tinder dos Livros’ criado por Winnie Bueno fez um grande sucesso. O esquema é tão simples quanto marcar um encontro por um aplicativo. Quem quer doar manda uma mensagem direta para @winniebueno, se colocando à disposição. A pessoa que quer receber envia uma mensagem direta com os dados sobre o livro que precisa, além de endereço, CEP e nome completo. Winnie, de forma aleatória, envia as informações ao inbox de quem se dispôs a doar. Então, o doador compra o livro e envia ao endereço indicado.

Seis ferramentas para trabalhar cultura empreendedora na sala de aula

Imagem mostra pessoas realizando uma atividade em grupo dentro de uma sala

O Programa Pense Grande elaborou uma metodologia de atividades práticas para desenvolver competências empreendedoras e sociais nos jovens. A metodologia propõe dinâmicas e atividades para estruturar a cultura empreendedora entre professores e estudantes, contribuindo para transformar esse cenário. Com base nela, listamos seis formas de trabalhar propósito de vida e a cultura empreendedora em sala de aula.

Voluntariado corporativo engaja colaboradores a favor do empreendedorismo social

Na imagem, grupo de pessoas que participou do Demoday posam para foto em grupo em cima de um palco

A edição do Demoday, realizada na sede da Vivo, em São Paulo, encerrou o ciclo do projeto no qual dois programas da Fundação Telefônica Vivo – Voluntariado e Pense Grande – se uniram. Durante dois meses, 169 jovens a partir de 15 anos que integram nove instituições sociais de São Paulo tiveram a oportunidade de vivenciar uma jornada empreendedora dentro de um processo formativo de empreendedorismo social com o objetivo de resolver um problema de suas comunidades e transformar seus futuros.



Deixe uma resposta aqui