Gestão inovadora: outra saída para os desafios da educação do campo

Educador de Manaus utilizou formação do projeto Aula Digital para reforçar práticas pedagógicas e fortalecer o vínculo com a comunidade

Gilson_736x341

Nome: Gilson da Silva | Escola: EMEF Epitácio Nunes | Projeto: Aula Digital

O professor doutor Gilson da Silva é um profissional dedicado, que passou por diversas funções na administração mapa_gilson_auladigitalpública e na área de pesquisa voltada à educação. Mas foi seu desejo de trabalhar com a comunidade que o fez aceitar um novo desafio em 2017: ser gestor de uma escola do campo, próxima a uma área de assentamento, formada por 50 alunos de turmas multisseriadas.

Para chegar à EMEF Epitácio Nunes, no bairro Nova Luz, em Manaus (AM), é preciso ter carro ou contar com o transporte escolar. Situada na altura do quilômetro 21 da BR-174, que liga a capital a Boa Vista, a região de difícil acesso aos alunos era um dos principais motivos para o alto índice de faltas.

O motorista do ônibus precisa realizar pela manhã duas viagens para levar todos os estudantes à escola. Eles retornavam no horário do almoço, o que diminuía ainda mais o número de aulas. Em conversa com os pais e a equipe da Epitácio Nunes, o gestor conseguiu estabelecer um turno único e integral para todos os alunos. Estava vencido o primeiro desafio.

Gilson também convidou a comunidade para colaborar, e hoje há grupos de pais organizados com diversas funções, como levar alimentos e água potável para a escola ou cuidar da horta. “Meu próximo desafio será ativar o Conselho Escolar. Já realizamos as eleições e agora falta apenas o registro para conseguir recursos federais”, conta animado.

Cidade pioneira
Manaus é a primeira cidade do país a receber o Aula Digital, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação – SEMED. O projeto teve início em abril de 2017, com o compromisso de atender 140 escolas da rede municipal por meio da formação de 700 professores.

Gestão Inovadora

A filosofia de trabalho do Gilson, pautada no diálogo com a equipe e presença ativa dos pais, ganhou um reforço após sua participação no curso de Gestão Inovadora do projeto Aula Digital em Manaus.  A formação, realizada pela Fundação Vitória Amazônica (parceiro executor) faz parte de uma das etapas do projeto da Fundação Telefônica Vivo, que ainda contempla a oferta de conteúdos pedagógicos digitais e a entrega de laptops e tablets para uso em atividades educativas nas escolas.

“O curso é bem estruturado e gerou muita troca de experiências. A formação nos ajudou a trazer um novo olhar e tornou-se uma grande aliada na resolução de problemas locais, como a questão do turno escolar”, diz.

Para Gilson, o projeto irá contribuir para desenvolver a educação no campo ao utilizar os recursos tecnológicos para repensar as práticas pedagógicas, fortalecer a formação de educadores e, principalmente, impactar os estudantes de maneira positiva. “Era difícil falar de inclusão digital aos nossos alunos, tão afastados do perímetro urbano. Hoje, o projeto está nos ajudando a promover a igualdade de oportunidades por meio da educação” conclui.

“Em breve você conhecerá mais sobre essa e outras histórias. Aguarde!”

Conheça outras histórias