A conexão e a escrita: conheça o trabalho de Ricardo Terto

03 de março de 2017
Imagem mostra Ricardo Terto sorrindo

O paulista Ricardo Terto é escritor, roteirista e um dos influenciadores do Pense Grande


Aos 31 anos, ele já passou por diversos trabalhos e desafios, mas encontrou na escrita um novo caminho para trilhar

Escritor, roteirista e um dos influenciadores do Programa Pense Grande, da Fundação Telefônica Vivo. Esse é Ricardo Terto, um paulista que sabe o que é ter um sonho, lutar por ele e colher os primeiros resultados. Porém, nada foi fácil até aqui, sendo necessário enfrentar diversas dificuldades.

Ricardo nasceu e cresceu em Guaianases, bairro periférico de São Paulo, e conhece bem a realidade de muitos jovens das áreas mais humildes da cidade. Formado em Produção Audiovisual, ele trabalhou em diversas atividades informais enquanto lutava para conquistar melhores oportunidades. “Eu vendi geladinho, revistas e outras coisas. Depois fui trabalhar registrado como ajudante geral em um laboratório. Trabalhei também com atendimento e telemarketing”, conta.

Em busca de uma carreira autônoma, decidiu apostar suas economias em um novo negócio. A primeira ideia, de abrir um bar, não deu certo, mas ele não desistiu e mirou em uma loja de camisetas on-line, mas ela também não prosperou.

Com algumas derrubadas da vida, Terto sentiu aquela sensação que todos temos em algum momento: “o que eu estou fazendo?”, “para onde devo ir agora?”. Porém, como resposta a uma paixão antiga, ele encontrou na escrita o caminho que procurava.

O rapaz, que desde pequeno amava a sensação de reproduzir em palavras novas ideias e sentimentos, assim, como quem não quer nada, começou a publicar textos em seu perfil pessoal do Facebook. Porém, o que ele não esperava era a repercussão que viria a partir daquele momento.

Voltado a jovens de 15 a 29 anos, o Programa Pense Grande tem como missão difundir a cultura de empreendedorismo de impacto social com tecnologia digital para jovens brasileiros, especialmente os de baixa renda. Clique e saiba mais.

O primeiro texto foi um sucesso de curtidas e compartilhamentos. Foi então que surgiu a chance de pensar em algo próprio: a página chamada Textos do Ricardo Terto. Hoje, ela é acompanhada por fãs e admiradores do escritor, que encontrou na conexão online uma forma de levar seu trabalho para mais pessoas.

Depois disso, muitas coisas boas aconteceram, entre elas, a oportunidade de escrever seu primeiro livro, intitulado Marmitas Frias (que deve ser lançado entre abril e maio) e a participação no Pense Grande como palestrante e influenciador. “Eu me orgulho muito de fazer parte disso tudo, de poder escrever para outros jovens e chegar até eles de alguma maneira”.

Mas, no que Ricardo se inspira ao escrever? Para ele, a inspiração vem do sentir, do observar e do estar atento ao outro. “Inspiro-me em detalhes da vida das pessoas. No jeito como elas se conectam e tentam controlar coisas que são complexas, como o tempo, o futuro e a memória. Gosto também de rir sobre os absurdos da vida, mas sempre mantendo a sensibilidade”, diz. 

Leia mais

A poesia que alcança o jovem: saiba mais sobre a escritora Mel Duarte

Onze jovens empreendedores que ganham dinheiro com o próprio talento



Deixe uma resposta aqui