Concurso de poesia mobiliza escola e comunidade no interior de Pernambuco

01 de agosto de 2017
curso_poesia_736x341

Escola Municipal Manoel Domingos de Melo, em Vitória de Santo Antão, criou até um blog para estimular estudantes na criação de poemas 

“Quanto mais você escreve, mais você aprende. Eu aprendi a fazer poesia”. É assim que a estudante Maria Gabriella da Silva, de nove anos, explica o projeto Letrando com Poesia, que aconteceu em sua escola em Vitoria de Santo Antão, no interior de Pernambuco.

A ideia nasceu em abril deste ano na Escola Municipal Manoel Domingos de Melo, que integra o Programa Inova Escola, da Fundação Telefônica Vivo, com o objetivo de apresentar aos estudantes as obras dos autores brasileiros Ruth Rocha, Pedro Bandeira, Vinicius de Moraes, Clarice Lispector e Cecília Meireles.

A escolha dos melhores poemas, nas categorias coletiva e individual, foi feita por uma votação online em um blog especialmente criado para o concurso de poesia. No final de junho, todas as atividades realizadas pelos alunos foram apresentadas e premiadas com certificados e medalhas no Sarau Poético na Manoel, que aconteceu dentro da escola.

“Mesmo sendo voltado aos alunos, o Letrando também conta com a participação da comunidade, que, além de votar, pôde comentar os poemas e enviar sugestões”, explica Jessica Soatman, coordenadora pedagógica da escola.

A educadora Ailza Gomes conta que a experiência de trabalhar obras desses autores como forma de ensinar novas palavras e incentivar a leitura foi maravilhosa. Na turma dela, a poesia “Lá vem as férias”, de Ruth Rocha, foi a escolhida para acompanhar os estudantes no processo de aprendizagem. “Trabalho com o 1º ano do Fundamental, são alunos menores, mas a turma abraçou com muito carinho. No começo eu achei que seria difícil, mas encontrei uma forma de estimulá-los, e propus que falássemos sobre as férias”, diz.

Na categoria de poesia coletiva duas turmas saíram vencedoras, uma do 4º ano do Ensino Fundamental e a turma da professora Ailza, que ficou em primeiro lugar. “Fiquei muito feliz com a vitória dos alunos e de saber que eles se envolveram e fizeram disso uma atividade divertida. E mais do que isso, fiquei feliz com a vitória da escola, já que todos se envolveram de alguma forma”, comenta a professora.

Já na categoria de poesia individual, quem ganhou foi Maria Gabriella. A garota transformou em versos todo seu amor pela família. “Nela eu falo sobre minha família, meus amigos e minhas brincadeiras favoritas”, conta a pequena escritora.

Poesia coletiva dos alunos do 1° ano do Fundamental baseada no poema “Lá vem as férias”, de Ruth Rocha Está chegando o grande dia, Para ir à casa da minha tia. Lá irei brincar, jogar bola e pular Com meus amigos festejar! Minha vovó chegou, E de carro eu vou, Pra piscina nadar E escorregando vou brincar! Meus professores vou rever E com eles aprender a ler e escrever! E até o fim do ano esperar, Por mais umas férias Para nos alegrar!Poesia vencedora na categoria individual, de Maria Gabriela da Silva Quem sou eu Sou uma menina, meu nome você não sabe, Mas já já vai descobrir, pois meu nome é Gabi Tenho nove anos, gosto de estudar, ler e escrever Moro no sitio Oiteiro, lugar bom de morar e viver Eu também tenho um irmão, o nome dele é Caio Gabriel Ele não gosta de chapéu, a gente briga mais do que faz as pazes, Isso eu tenho que contar, Mas eu amo meu irmão, e isso nunca vai mudar. Eu gosto de boneca. Essa fase de criança é a melhor de todas, Poder brincar e se divertir, Poder falar à toa sem ninguém olhar para mim, Mas não me esqueço de estudar para quando crescer, poder ensinar. Tenho amigos de montão, do meu pai, e minha mãe São meus amigos, meus amigões, Te amo papai e mamãe Vocês moram no meu coração, trazendo emoções.

Leia também:



Deixe uma resposta aqui