Escola André Urani supera obstáculos e se torna exemplo de inovação na comunidade da Rocinha

14 de setembro de 2017
Escola André Urani, ou GENTE, como também é conhecida, é retratada no programa Janelas de Inovação, parceria da Fundação Telefônica com o Canal Futura

Série Janelas de Inovação mostra experiências da Escola André Urani, localizada no maior bairro pobre do Brasil

Entre milhares de casas que cobrem totalmente o morro, um prédio em especial se destaca na favela da Rocinha, a maior do Brasil, no Rio de Janeiro. Estamos falando da Escola Municipal André Urani, espaço de grandes transformações na educação que você vai poder conhecer melhor no 22º episódio da série Janelas de Inovação, realizada em parceria entre a Fundação Telefônica Vivo e o Canal Futura.

Conhecida também como Ginásio Experimental de Novas Tecnologias Educacionais (GENTE), a escola atende 240 adolescentes do 7ª ao 9º ano. Desde 2013, é uma das seis unidades de ensino espalhadas pelo Brasil que participam do Programa Inova Escola, desenvolvido pela Fundação Telefônica Vivo.

Nesses anos, vem testando uma série de novidades, com o propósito de melhorar a qualidade do ensino e tornar os estudantes protagonistas de seu roteiro educativo.Para isso, as salas convencionais foram substituídas por grandes salões, onde, no lugar da tradicional separação em séries, os alunos são divididos em times, como chamam os gestores da escola.

São grupos que unemestudantes do 7º, 8º e 9º ano, guiados por mentores,cujo desafio não é apenas ensinar com respostas prontas, mas estimular os estudantes a pesquisar e a encontrar os caminhos de aprendizagem de maneira autônoma.

Nesse processo, a tecnologia é usada como ferramenta de apoio educativo, aliada ao que a comunidade já tem de mais importante: sua identidade e cultura. Arte, dança, teatro e música se somam a materiais de suporte digital para alunos e professores, a fim de atender cada aluno de forma personalizada.

Passados quatro anos de experimentação, a escola, voltada para o Cristo Redentor, a Lagoa Rodrigo de Freitas e o Pão de Açúcar, busca agora olhar cada vez mais para a comunidade, com o desafio de levar as conquistas alcançadas dentro de seus muros para a verdadeira “cidade” de 70 mil habitantes que é a Rocinha.

A série Janelas da Inovação vai ao ar toda quinta-feira no Canal Futura, às 22h, e os documentários já exibidos estão disponíveis no site da Fundação Telefônica Vivo. O episódio sobre a EM André Urani será exibido no dia 14 de setembro.

Janelas de Inovação

Exibição: quintas-feiras, às 22h, no Canal Futura

Reprises: Domingo, às 7h45 e segunda-feira, às 10h30

Duração: 15 min

Classificação: LIVRE

Leia também:



Deixe uma resposta aqui