Escolas trocam experiências inovadoras em Viamão (RS)

09 de fevereiro de 2018

Último encontro do Programa Inova Escola termina com integração inédita entre projetos

Encontro de Integração Inova Escola de 2017, em Viamão, Rio Grande do Sul

As Escolas apoiadas pelo Programa Inova Escola, são conhecidas por suas práticas inovadoras, e estiveram reunidas em Viamão, Rio Grande do Sul, entre os dias 23 e 25 de novembro, para o quarto e último Encontro de Integração Inova Escola de 2017.

Desta vez, os encontros foram além da troca de experiência entre escolas participantes e tiveram como foco a sistematização das práticas pedagógicas desenvolvidas por cada instituição.

“Esse último encontro foi diferente dos demais porque nos deu a possibilidade de finalizar um processo que agora será aprimorado ao longo de 2018”, afirma Marcela Oliveira, diretora da EM André Urani (GENTE), localizada na comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro.

A diretora conta que, após uma situação de conflito na comunidade, a escola foi obrigada a fechar as portas por quinze dias em 2017 e precisou descobrir uma nova maneira de se reaproximar dos alunos.

“Começamos a utilizar as redes sociais e a tecnologia a nosso favor, como uma forma de suprir o tempo em que não pudemos deixar a escola aberta. Colocamos em prática as formações e as experiências dos encontros proporcionados pela Fundação Telefônica Vivo e conseguimos reforçar nosso vínculo com os alunos, os pais e toda a comunidade,” diz Marcela.

Além de apresentarem o resultado das sistematizações feitas pelas escolas ao longo de 2017, os participantes do Encontro de Integração tiveram a oportunidade de visitar a 3ª Mostra de Projetos da EMEF Zeferino Lopes de Castro e de conhecer a proposta pedagógica da EMEF Felisberto da Costa Nunes, escola pertencente ao Projeto Aurora, que trabalha a temática de vivência no campo.

Para Marcela, a oportunidade enriqueceu ainda mais a experiência do último encontro. “A visita trouxe à tona tudo o que temos de positivo, como perceber que mesmo sendo escolas com realidades diferentes, conseguimos nos apoiar e inspirar uns aos outros, promovendo práticas cada vez mais inovadoras”, acredita.

Integração entre projetos

Além de representantes das escolas André Urani (GENTE), Campos Salles, Amorim Lima, Manoel Domingos de Melo e Maria Luiza Fornasier Franzin, Norma Ribeiro e Zeferino Lopes de Castro, que fazem parte do Programa Inova Escola, também estiveram presentes integrantes das instituições parceiras da Fundação Telefônica Vivo no Programa como o Instituto Tear de Inovações /RS, Instituto Tellus/SP, Instituto SER/BA e CESAR/PE.

Pela primeira vez, o Encontro de Integração contou ainda com a participação especial de educadores do Projeto Aula Digital, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo focada na formação de educadores e no uso de tecnologia no processo de ensino-aprendizagem em regiões vulneráveis do Brasil. Em Manaus, o projeto tem como parceiro executor local a Fundação Vitória Amazônica. Em Sergipe, o parceiro é o Instituto Paramitas.

“Agradeço a oportunidade de compartilhar experiências e conhecer novas realidades educacionais em Viamão. As ações pedagógicas identificadas nas escolas me possibilitaram repensar a dinâmica da ação educativa a partir de diversos pontos”, afirma Gilson da Silva, gestor da Escola Municipal Epitácio Nunes da Fonseca, localizada em Manaus (AM).

Histórico

Desde 2015, os Encontros de Integração do Programa Inova Escola promoveram uma construção coletiva de conhecimento por meio da interação e a troca de experiências entre os participantes, a ampliação de repertórios por meio de novos conteúdos e o debate sobre temas importantes para o processo de inovação educativa em escolas públicas.

Em 2017, o percurso de aprendizado aconteceu em quatro encontros presenciais intercalados por momentos de diálogo à distância entre os participantes e o parceiro executor técnico, a CASA7 Memórias e Aprendizagens.



Deixe uma resposta aqui