Fundação Telefônica do México faz crowdfunding para ajudar vítimas de terremoto

22 de setembro de 2017
Terremoto no México: Fundação Telefônica ajuda vítimas

Tremor de grande magnitude  matou mais de 200 pessoas na Cidade do México no dia 19  de setembro

Em função do terremoto de grande magnitude que atingiu a capital do México, Cidade do México, na terça-feira (19), deixando mais de 200 mortos, a sede mexicana da Fundação Telefônica deu início a uma campanha global de crowdfunding para ajudar as vítimas no país.

Acreditando na causa, a Fundação Telefônica Vivo do Brasil se solidariza e pede a  colaboração de todos para que juntos possamos amenizar os estragos nas cidades e também reconstruir escolas.

 

Além de ajudar a erguer novas salas de aula, com a ajuda dos próprios voluntários da Telefônica, os recursos arrecadados serão empregados para comprar alimentos e enviá-los, através da Cruz Vermelha, às vítimas da Cidade do México e de dois estados: Oaxaca e Chiapas, que  ainda se recuperam de outro tremor ocorrido no dia 7 de setembro.

Considerados os mais pobres do país, esses estados tiveram cerca de 100 mortos na tragédia de duas semanas atrás, além de 800 mil construções destruídas e outras12 mil seriamente danificadas.

No tremor do dia 19 de setembro, ao menos 21 crianças morreram em decorrência do desabamento de uma escola no Sul da capital mexicana.

Cooperação

Imediatamente após o terremoto de terça-feira (19), a Telefônica ativou os protocolos de segurança em todas as suas instalações e trabalha com as autoridades do México para oferecer os serviços de telefonia com normalidade no país.

Em solidariedade aos clientes, estão sendo oferecidos gratuitamente os serviços de voz, SMS e WhatsApp na Cidade do México e nas populações de Puebla e Morelos, afetadas pelo terremoto.

Leia também:



2 comentários sobre “Fundação Telefônica do México faz crowdfunding para ajudar vítimas de terremoto”

  1. Damiana Tavares De Lira Alves disse:

    Crianças saudável esse é um direito que toda criança tem infelizmente em nosso país deixa muito desejar….

    1. aprendiz disse:

      Olá, cara leitora
      Obrigada pelo comentário, sua opinião é muito importante para nós. Continue nos acompanhando!
      Abraços

Deixe uma resposta aqui