Jovens empreendedores apresentam projetos de impacto social em São Paulo

09 de outubro de 2017
Jovens do programa Pense Grande posam para foto

Grupos de diversas regiões do país apresentaram ideias que vão desde plataformas de educação financeira até projetos de incentivo audiovisual em periferias

Na última semana de setembro, São Paulo recebeu jovens participantes do Programa Pense Grande da Fundação Telefônica Vivo. Vindos de diversos territórios e realidades brasileiras, estes jovens têm se dedicado, nos últimos meses, ao desenvolvimento de ideias de impacto social.

Divididos em grupos, eles passam por capacitações, vivências e dinâmicas para trabalharem suas competências empreendedoras, aumentarem sua rede de contatos e desenvolverem suas iniciativas. Além disso, os jovens conhecem nestes encontros seus mentores – empreendedores que se voluntariaram a inspirar e dividir seus conhecimentos.

O desafio, desta vez, foi desenvolver um pitch – demonstração de até 5 minutos sobre cada projeto, com uma narrativa atraente, e apresentá-lo aos convidados. Para tanto, eles contaram com assessoria do parceiro executor Aliança Empreendedora.

“O Pense Grande trabalha com a desmistificação do empreendedorismo. Queremos que os jovens percebam que a atitude empreendedora está ao alcance, e que eles têm um potencial enorme, não só de desenvolver suas carreiras, mas também atuar dentro da comunidade”, explica o gerente de planejamento financeiro da Fundação Telefônica Vivo, Odair Barros. 

Jovens empreendedores

Embora mãos estivessem suando e vozes tremessem frente à banca, formada por profissionais como Adriana Carvalho, da ONU Mulheres, Adriano Lira, repórter da revista  Pequenas Empresas & Grandes Negócios e Roberto Sekiya, subsecretário de inovação do Governo do Estado de São Paulo, as apresentações que ocorreram durante toda a manhã do dia 28 de setembro mostraram como os jovens haviam se preparado ao longo dos meses do Pense Grande para divulgar suas ideias.

Um dos primeiros grupos a se apresentar foi a Barkus, plataforma de educação financeira que trabalha tanto digital quanto presencialmente. “Reeducamos hábitos financeiros de jovens para que realizem seus sonhos. Fazemos isso com três pilares: conhecimento financeiro, planejamento e mentoria de jovem para jovem”, explica um dos idealizadores, Marden Nilton, carioca de 22 anos. Seu grupo ainda é formado por João Victor Gelio, Wallace de Anchieta e Maria Beatriz Santos Silveira, todos com 21 anos.

 “As dinâmicas propostas nessa semana provocaram nosso grupo a se preparar para o pitches. Elas nos fizeram questionar: ‘como nos vemos como empreendedores e pessoas?’. Isso tornou a apresentação mais fácil”, ressalta Wallace.

Equipe da plataforma Barkus
Equipe da plataforma Barkus

Trocas de experiências

Mila Gonçalves, gerente de projetos sociais da Fundação Telefônica Vivo, passou toda a manhã circulando entre os grupos que se revezavam nas apresentações dos pitches. Quando se sentou junto ao grupo carioca Rolo de Filme, projeto de incentivo à audiovisual na periferia, ela de antemão avisou: “Hoje estou aqui como ouvinte, para ver e sentir. E está sendo um prazer conhecer o trabalho de todos vocês”.

Assim, os jovens compartilharam com Mila suas impressões e aprendizados das etapas do Programa Pense Grande. “A imersão humaniza a figura do empreendedor, acabando com o mito dele ser infalível. Podemos nos reconhecer enquanto pessoas capazes de empreender”, contou Fábio Henrique da Silva Santos, do Rolo de Filme.

 

Oficinas

Na tarde do penúltimo dia, o encontro contou com mais dois instantes de aprendizagem. O primeiro consistiu em uma oficina de monetização, para que conhecessem alternativas de rentabilidade. Já o segundo foi o tão aguardado momento em que os grupos conheceram seus mentores.

“Os mentores, que são empreendedores e empreendedoras voluntárias, acompanham os últimos quatro meses da incubação, oferecendo um vaivém de informação para tornar o projeto mais rico a partir das necessidades de cada grupo”, explica Marina Egg Batista, coordenadora da Aliança Empreendedora.

Suzana Pietro, representante da Fundação Telefônica Vivo da Espanha, onde também o programa Pense Grande é realizado, acompanhou grande parte do dia, e se disse impressionada com a competência dos jovens brasileiros em perseguir seus sonhos. “O nível das apresentações foi muito bom, ainda mais considerando o quanto são novos. Também me impressionou muito como estão abertos a sugestões e dispostos a se modular a elas. Tenho certeza de que grandes projetos sairão desta da incubação Pense Grande”, disse.

  • Odair Barros, gerente de planejamento financeiro da Fundação Telefônica Vivo
    Odair Barros, gerente de planejamento financeiro da Fundação Telefônica Vivo
  • Jovens do Programa Pense Grande
  • Jovens do Programa Pense Grande participam de dinâmica
  • Jovens do Programa Pense Grande
  • Jovens do Programa Pense Grande apresentam pich

Leia também:



2 comentários sobre “Jovens empreendedores apresentam projetos de impacto social em São Paulo”

  1. Site disse:

    Parabéns aos jovens, que sirvam de inspiração para todos os outros, é disso que precisamos.

    Jéssica

    1. aprendiz disse:

      Olá, cara leitora!
      Obrigada pelo comentário, e continue nos acompanhando.
      Abraços

Deixe uma resposta aqui