Jovens são premiados por projetos inovadores em Feira de Ciência e Tecnologia

14 de novembro de 2017
Quatro pessoas, sendo 3 jovens, conversam na Mostratec

Premiação aconteceu na Mostratec, evento apoiado pela Fundação Telefônica Vivo e realizado em Novo Hamburgo (RS)

Cerca de 40 mil pessoas, entre estudantes, educadores, autoridades e público em geral estiveram presentes em Nova Hamburgo (RS), entre os dias 23 e 27 de outubro, para mais uma edição da Mostratec. A feira de ciência e tecnologia é voltada para apresentação de projetos de pesquisa e promove integração entre as instituições de ensino, a pesquisa e o meio empresarial.

Apoiada pela Fundação Telefônica Vivo pelo segundo ano consecutivo, a Mostratec é considerada a maior feira de ciência e tecnologia da América Latina e permite que jovens pesquisadores e cientistas apresentem seus experimentos, unindo desenvolvimento, aplicação e a divulgação de novas tecnologias.

“Tudo o que fazemos representa o desejo de permitir aos jovens apresentar pesquisas e soluções criadas nas suas escolas, atendendo demandas sociais, ambientais e questões relevantes de setores produtivos para as comunidades em que estão inseridos”, destaca Leo Weber, diretor executivo Fundação Liberato, instituição responsável pelo evento há 32 anos.

Nesta edição foram 640 projetos participantes do Brasil e mais 19 países, além de eventos paralelos com o Seminário Internacional de Educação Tecnológica (SIET), o Festival Maker de Robótica e atividades esportivas e culturais.

Protagonismo juvenil

Três projetos de diferentes áreas foram reconhecidos pela Fundação Telefônica Vivo durante o evento por sua inovação e aplicabilidade: um protótipo de detecção de obstáculos para auxiliar pessoas com deficiência visual, um dispositivo de análise e controle de estufas agrícolas e uma pesquisa sobre a utilização da água do mar no processo de tingimento da indústria têxtil.

O gerente de empreendedorismo da Fundação Telefônica Espanha, Luis Miguel Olivas Torrijos, esteve no Brasil para participar do evento e foi uma dos destaques do SIET com a palestra ‘Inovação Educativa para a Sociedade Digital’.

Como prêmio, os seis estudantes ganhadores terão a oportunidade de participar de dois eventos internacionais em 2018 – a Exporecerca Jove na Espanha e I-Sweeep nos Estados Unidos – com as passagens e hospedagens custeadas pela Fundação Telefônica Vivo.

Para Rubem Saldanha, gerente do projeto Aula Digital da Fundação, reconhecimentos como esse são importantes para apoiar os jovens a desenvolverem os seus próprios sonhos e projetos.

“Um jovem que nunca saiu do Brasil terá a chance de apresentar seu projeto para mais pessoas e conhecer um pouco do mundo. Isso irá enriquecer seu repertório e fará com que ele volte ainda mais fortalecido”, acredita.

O diretor executivo da Mostratec conta que os estudantes estão espalhados por todo Brasil e participam de diversas feiras afiliadas e processos avaliativos até chegarem ao evento.

“Os resultados obtidos pelos alunos têm muito de esforço e mérito próprio, mas também é devido ao trabalho de professores e orientadores. Por isso, queremos qualificar cada vez mais os educadores e as entidades organizadoras em prol do protagonismo dos alunos”, conclui Leo Weber.

  • Luis Miguel Olivas
    Luis Miguel Olivas
  • Jovens premiados na Mostratec
  • Jovens premiados na Mostratec
  • Jovens na Mostratec
  • Cartaz da mostratec
  • Pessoas na Mostratec
  • Crianças na mostratec

Leia também:



Deixe uma resposta aqui