O ciclone Idai devasta Moçambique, Zimbábue e Malauí – saiba como ajudar!

27 de março de 2019

Unicef e Fundação Telefônica Espanha estão com um financiamento coletivo global para ajudar as vítimas do ciclone tropical Idai no continente africano


Em sua passagem por Moçambique, Zimbábue e Malauí, o ciclone tropical Idai provocou um quadro devastador: chuvas torrenciais, fortes ventos e graves inundações que causaram destruições por toda parte.

Em Moçambique, o impacto foi maior: há 1.8 milhão de pessoas afetadas, das quais 900 mil são crianças. As estimativas iniciais apontam que mais de 2.600 salas de aula foram devastadas, 39 centros de saúde foram danificados e pelo menos 11 mil casas estão totalmente destruídas.

Imagem mostra mulher andando com um cesto na cabeça, segurando um cantil de água, seguida por um menino, em uma região com árvores caídas. Ao fundo se vê um caminhão onde muitas pessoas observam.
Vítimas do ciclone tropical Idai recebem doações

A Fundação Telefônica Espanha criou um financiamento coletivo global com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). As doações serão revertidas para oferecer as necessidades básicas da população, como água potável e alimentação das vítimas; a criação de escolas temporárias nas quais os materiais escolares serão distribuídos e também ao apoio e proteção às crianças que, como resultado do ciclone, permaneceram sozinhas.

Acesse o site do financiamento coletivo global e contribua: http://bit.ly/financiamentoidai

Colabore, divulgue e compartilhe!



Deixe uma resposta aqui