Oito séries e filmes inspiradores sobre educação

06 de julho de 2018

Porque mesmo nas férias é tempo de apreciar as boas histórias que surgem das salas de aula

Imagem mostra capa do livro Voluntariado Digital: uma mão segurando um celular onde há um coração

As férias chegaram e você finalmente pode se jogar no sofá sem culpa para encarar maratonas das séries do momento ou riscar alguns filmes da sua listinha de indicações. Que tal aproveitar parte do tempo livre para curtir alguns conteúdos inspiradores? Separamos uma lista de séries, filmes e documentários que têm muito a dizer sobre educação. Confira a seguir:

 
Cena mostra Merlí, um professor nada convencional de filosofia

Merlí (2015)

Uma das séries mais faladas do momento leva nosso carimbo de imperdível. Nela, um professor de filosofia nada convencional tem a missão de conquistar seu filho adolescente e despertar o senso crítico dos alunos de uma escola de Barcelona. Com três temporadas, a série espanhola mostra como a filosofia pode ser divertida. De quebra, você ainda aprende alguns conceitos sobre importantes pensadores da sociedade.

 

 

Imagem mostra três meninas lendo um livro em cena do documentário Filhas do Destino

Filhas do Destino (2017)

O colégio Shanti Bhavan acolhe crianças das comunidades mais pobres da Índia e as oferece a chance de serem as donas de seus destinos, em um país marcado pelo sistema de castas, pela pobreza extrema e pela falta de oportunidades. O documentário de quatro episódios traz o cotidiano da escola e a luta inspiradora de cinco meninas que lá estudam.

 

 

 

Na imagem, pessoas andam em meio a poeira levantada por caminhão em cena do documentário Nunca me Sonharam

Nunca me Sonharam (2017)

Lançado em 2017, o documentário brasileiro produzido pela Maria Farinha Filmes discute a situação da educação pública do país a partir da visão de jovens de dez estados brasileiros. A pluralidade das juventudes, formação de identidade na adolescência e as pressões para tomarem parte na sociedade são questões bem exploradas por este documentário inspirador.

 

 

 

Professora Rita aparece sentada em uma mesa e fumando cigarro em cena da série da Netfilx

Rita (2012)

Esqueça os clichês de como as escolas são normalmente retratadas na ficção. Nesta série dinamarquesa, o cotidiano escolar é mostrado com um toque de realidade que convence e diverte. A trama acompanha a vida da desbocada e politicamente incorreta professora Rita Madsen (Mille Dinesen), e seus três filhos em crise. Um convite para boas risadas!

 

 

 

Na imagem aparece Robin Williams, em cena do filme Sociedade dos Poetas Mortos

Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

Que tal um clássico? Mais do que inspiradora, esta obra-prima traz grandes reflexões sobre a vida. Robin Williams entra na pele de um professor que funda um grupo literário com a ajuda de seus estudantes. Enquanto promove conexões, o professor ressalta a importância de se viver com intensidade cada um dos dias. Você finalmente vai entender o conceito por trás da frase latina Carpe Diem.

 

 

 

Na imagem, atriz Hilary Swank aparece em sala de aula, com lousa ao fundo

Escritores da Liberdade (2007)

Tolerância, respeito e diversidade são os pontos altos deste filme baseado em fatos reais que mostra os desafios da professora Erin Gruwell (Hilary Swank) para educar um grupo de alunos aceito compulsoriamente na Escola Wilson, após a criação de uma lei nos Estados Unidos de integração racial. Só que para mudar a realidade de uma juventude marginalizada, a professora precisa fazer com que as gangues de brancos, negros, hispânicos e asiáticos enxerguem uns aos outros com respeito e amizade. Prepare o lenço, você vai derramar algumas lágrimas!

 

 

Na imagem, a ativista Malala Yousafzai aparece com véu como efeito estilizado ao fundo

Malala (2015)

“Uma criança, um professor, um livro e uma caneta podem mudar o mundo”. O slogan já mostra porque o documentário figura nesta lista. A história da ativista paquistanesa Malala Yousafzai até parece ficção. Em 2012, uma brigada armada do Talibã invadiu o ônibus escolar em que ela estava e a baleou na cabeça. A luta pela sobrevivência foi um combustível para ela advogar por educação de qualidade para meninas de todo o mundo. O documentário conta essa história e mergulha na vida inspiradora de Malala e sua família.

 

 

Na imagem aparece o ator Francisco Miguez, intérprete de Mano no longa As Melhores Coisas da Vida

As Melhores Coisas do Mundo (2010)

Com roteiro de Luiz Bolognesi (diretor dos documentários Juventude Conectada e Ex-Pajé) e direção da premiada Laís Bodanzky, o longa retrata os dilemas da adolescência através da vida de Mano (Francisco Miguez), um garoto de 15 anos com questões sobre virgindade, paixão não correspondida e a separação dos pais (interpretados por Denise Fraga e Zé Carlos Machado). Leve e cativante!

 

 



Deixe uma resposta aqui