Professora cria projeto para lidar com a indisciplina em sala de aula

09 de agosto de 2019

No segundo episódio da Websérie Escolas Conectadas, conheça a história da professora de Guarapari (ES), que se inspirou nos cursos realizados na plataforma para aprimorar o trabalho realizado com os alunos.


“Os cursos ajudaram muito na minha prática cotidiana”. É assim que a professora Sônia dos Santos Porto resume como os cursos gratuitos da plataforma Escolas Conectadas impactaram em seu trabalho pedagógico. No segundo episódio da Websérie Escolas Conectadas, a educadora falou sobre os projetos que desenvolveu para lidar com a indisciplina em sala de aula e para aprimorar a escrita criativa dos alunos.

A professora se divide entre os estudantes do 1º e do 3º ano do Ensino Fundamental em duas escolas municipais de Guarapari (ES), a EMEIEF Professor José Antônio de Miranda e a EMEF Francisco Araújo.

Com 32 anos de docência, diz que sempre procurou amenizar as dificuldades dos que estão saindo da Educação Infantil, além de lidar com os mais velhos, que já começaram a desenvolver uma relação social mais avançada. Mas uma questão não saía de sua cabeça: como ensinar prendendo a atenção, mas mantendo o equilíbrio e a disciplina?

Em cinco episódios, um para cada região do Brasil, a Websérie Escolas Conectadas mostra como educadores desenvolveram trabalhos inspirados em suas realidades e transformaram o processo de ensino-aprendizagem após realizarem cursos gratuitos da plataforma Escolas Conectadas, projeto da Fundação Telefônica Vivo.

A resposta viria por meio de uma mensagem de celular, que a levou aos cursos Sem medo da indisciplina, a construção participativa da disciplina na sala de aula e Grandeza e medidas: explorar para compreender da plataforma Escolas Conectadas. Ali, a educadora viu a possibilidade de se reinventar e adotar uma nova postura.

“Era o que precisava para tornar meu trabalho mais atraente. Sem demagogia, os cursos foram os melhores que fiz nesses 32 anos em sala de aula. Nenhum havia trazido tanta clareza”, revela a professora Sônia dos Santos.

Para ela, a profundidade e qualidade do material, além dos exemplos e sugestões implícitas para cada abordagem são os grandes diferenciais e incentivam a busca pela transformação da realidade em sala de aula. “O pensamento flui e passamos acreditar que podemos fazer toda diferença e tudo diferente!”, completa.

 

A mudança no olhar

Sônia diz que os cursos gratuitos funcionaram como um divisor de águas, pois trilharam um caminho para trabalhar a indisciplina em sala de aula e, mais do que isso, fizeram a profissional entender que para os alunos de uma nova era, os métodos arcaicos não têm mais espaço.

“Antes da formação, estava remando contra a maré. Era um passo para frente, e dois para trás. O tema me ensinou a ver a indisciplina com outro olhar. Tenho consciência que falta muito para o ideal, mas o caminho está muito mais fácil de seguir”.

Acessar a plataforma tornou-se rotina e após cursar Escrita Criativa: com a palavra, autoria, a professora Sônia desenvolveu outro projeto com a intenção de trabalhar a oralidade, a produção criativa de textos e mostrar aos estudantes toda a capacidade deles.

“Vi a escrita com outro olhar: caminhos que vão entrelaçando o saber e tornando o aprendizado ímpar. Aqui não cabe mais um sujeito passivo e receptivo, e sim um indivíduo capaz de refletir, tendo um olhar amplo de todo o contexto que o envolve”, afirma.

Além de trabalhar em sala de aula por meio da produção de atividades diversas e até mesmo com vídeos, a professora Sônia também passou a explorar melhor outros espaços, levando os alunos para aulas no pátio e outras dependências da escola.

“Estou reescrevendo minha história dentro de uma nova perspectiva de vida profissional. O professor não para de estudar e recriar possibilidades para inovar. Acredito que todo indivíduo tenha a capacidade de se reinventar, de ser criativo e de aprender. Cada um tem o seu ritmo, mas todos assimilam o que é ensinado”, encerra.

Assista ao segundo episódio da Websérie Escolas Conectadas e veja mais sobre o trabalho da professora Sônia dos Santos. Logo abaixo, detalhamos como os projetos dela foram aplicados em sala de aula.

Infográfico mostra o roteiro de aula da professora sobre disciplina de mãe
Infográfico mostra o roteiro de aula da professora sobre escrita criativa


Deixe uma resposta aqui