Sete filmes sobre voluntariado inspirados em histórias reais

14 de outubro de 2019

A solidariedade transforma vidas e nos leva a viver grandes histórias. Conheça adaptações para o cinema que nos inspiram a ajudar o próximo


Filmes, séries e documentárioscausam emoções, conexões e reflexões nos espectadores. O que passa na tela pode gerar identificação, ou causar mudança significativa de perspectiva, a ponto de mover transformações. Além disso, a arte audiovisual permite que fiquemos mais próximos dos personagens, sobretudo quando é inspirada em histórias reais.

A solidariedade geralmente é retratada no cinema por meio dessa conexão com pessoas que existiram, ou existem, na vida real, servindo de motor para quem quer fazer a diferença. Por meio de personagens é mais fácil gerar empatia, trabalho colaborativo e coragem para enfrentar desafios na busca porum mundo mais justo.

Pensando em alimentar ações positivas fora das telas, separamos uma lista com sete filmes sobre voluntariado e solidariedade baseados em fatos reais. Assista e inspire-se!

 

Patch Adams – O Amor é Contagioso
Imagem divulgação do filme Patch Adams
Patch Adams, médico que ficou conhecido por humanizar o tratamento em hospitais nos anos 1970, tornou-se reconhecido mundialmente ao ser interpretado pelo ator Robin Williams em um filme sobre a sua vida, em 1998. Na luta do médico contra a depressão, ele descobre sua verdadeira vocação: ajudar as pessoas. Com bom humor, o médico incentiva a verdadeira cura criando vínculo com seus pacientes, atuando com compreensão e respeito para ajudar a todos que realmente precisam.

 

Lion – Uma Jornada para Casa
Imagem divulgação do filme Lion - Uma Jornada para Casa
Lion acompanha a trajetória de Saroo, um garoto de cinco anos de idade que se perde do irmão mais velho em uma estação de trem na Índia. Na rua, ele luta pela sobrevivência, passando por inúmeras dificuldades até ser acolhido por organizações e adotado por um casal australiano. Depois de 25 anos, ele decide voltar a procurar sua família em seu país natal. A generosidade e o amor que recebeu fazem com que Saroose sinta pronto a enfrentar seu passado e levar compaixão à vida das pessoas que encontra no caminho de volta. Lion foi indicado para seis categorias no Oscar de 2017.

 

Um Dia Perfeito
Imagem divulgação do filme Um Dia Perfeito
O filme espanhol Um Dia Perfeito é baseada no livro DejarseIlover, que reúne relatos de uma voluntária do Médicos Sem Fronteiras sobre o cotidiano dos voluntários no conflito nos Balcãs, em 1990. O longa traz dramas e desafios que são superados com trabalho em equipe em uma narrativa sobre a força de vontade para impactar vidas e transformar realidades, ainda que em meio a uma situação limite.

 

Um Sonho Possível
Imagem divulgação do filmeUm Sonho Possível< O próprio nome do filme indica possibilidades que podem transformar uma vida inteira. Um Sonho Possível, aclamado pela crítica, acompanha o desenvolvimento de Michael “Big Mike” Oher, um jovem negro, órfão e que enfrenta dificuldades de adaptação. Ao longo do filme, ele conhece pessoas que acreditam em seu potencial e o acolhem para que possa desenvolver suas habilidades atléticas e intelectuais. A mensagem principal reforça que com solidariedade e incentivo, é possível superar as desigualdades.

 

Elefante Branco
Imagem divulgação do filme Elefante Branco
Outra produção na lista de filmes sobre voluntariado é Elefante Branco, com o ator argentino Ricardo Darín como protagonista. A história mostra uma equipe de voluntários liderada pelo Padre Julián (Darín) em meio à dura realidade de jovens que lidam com o tráfico e a falta de oportunidades em uma comunidade em Buenos Aires. A dedicação e a boa vontade em se conectar com os jovens, e encontrar formas de abrir caminhos para outras perspectivas impacta tanto os personagens, quanto os espectadores.

 

Hotel Ruanda
Imagem divulgação do filmeHotel Ruanda
Em Hotel Ruanda, a solidariedade é a grande protagonista. Em 1994, Ruanda, país ao leste da África, foi dominada por conflitos políticos que culminaram em um genocídio entre as etnias hutu e tutsi. Cerca de um milhão de ruandeses foram mortos. Nesse cenário devastador e pouco noticiado pela mídia, Paul Rusesabagina, o gerente de um luxuoso hotel na capital, decide abrigar mais de 1.200 refugiados em seu estabelecimento, colocando em risco sua vida e de sua família. Fora das telas, Paul recebeu o Prêmio Humanitário do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados em 2005. Nesse mesmo ano, o longa recebeu três indicações ao Oscar.

 

Quem se Importa
Imagem divulgação do filmeQuem se Importa
Dirigido pela brasileira Mara Mourão, Quem se Importa vai além do tema voluntariado e foca no poder do empreendedorismo social para causar impacto positivo. Filmado em sete países diferentes, o documentário mostra o poder de mobilização e transformação das pessoas que começam como voluntárias e ativistas, mas acabam pensando em ideias inovadoras para solucionar os problemas sociais que combatem.

 

 



Deixe uma resposta aqui