Escolas Conectadas

Imagem mostra a home da plataforma Escolas Conectadas em primeiro plano, na tela de um laptop. Há uma mão apoiada no teclado do dispositivo.

A Fundação Telefônica Vivo incentiva a formação a distância para educadores por meio do projeto Escolas Conectadas. O projeto, que teve início em 2015, promove a inserção dos educadores na cultura digital e estimula o desenvolvimento de competências do século XXI nos alunos, por meio da prática de metodologias inovadoras de ensino.

Os cursos têm foco na prática e na troca de experiência entre educadores. Com carga horária de 15, 20 e 40 horas, os cursos são mediados e certificados por instituições de ensino superior reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), com experiência em formação de professores.

Pensados cuidadosamente para contemplar as demandas do cenário educacional brasileiro, os cursos se propõem a fortalecer não somente educadores, mas escolas e gestores enquanto agentes de transformação da educação, além de motivar instituições a testarem novos modelos e práticas inovadoras de aprendizagem.

Conheça o blog do Escolas Conectadas!

Nesse espaço, serão disponibilizadas histórias de educadores, matérias sobre temas importantes da educação e práticas pedagógicas inovadoras, entre outros conteúdos do projeto. Confira aqui os conteúdos e inspire-se!

Nossa atuação

Voltados para a formação de professores da rede pública brasileira, temos duas frentes de atuação no projeto Escolas Conectadas:Turmas abertas: oferecidas a qualquer educador, independentemente da disciplina ou nível de experiência. É preciso apenas ter acesso a computador e à internet e realizar o cadastro na plataforma. Acesse o site escolasconectadas.org.br e inscreva-se.

Turmas exclusivas: oferecidas para secretarias de educação que queiram incluir nossos cursos em seus programas de formação de professores.

Confira depoimentos de quem já fez cursos na plataforma Escola Digital:

escolas_conectadas_depoimento1

“Foi um suporte maravilhoso no meu trabalho como coordenadora pedagógica, porque ali tenho a possibilidade de suprir carências e dificuldades que encontramos em sala de aula. Quando me deparo com alguma dificuldade na escola, tenho a opção de me aprofundar nos cursos para poder ajudar o professor”.

Marines Moreira, coordenadora pedagógica – Poá (SP)
Clique aqui e conheça a história de Marines Moreira.

 

escolas_conectadas_depoimento2

“Paulo Freire falava que até o nosso dia final somos aprendizes. E quando as instituições acreditam e investem nisso, fica muito mais fácil, muito mais justo porque dá oportunidade a todos acessarem. Temos com quem contextualizar assuntos, com uma rede a nosso favor. Ter acesso a esse conteúdo é transformador.”

Camila Stefanelli, professora – São Paulo (SP)
Saiba mais sobre a história de Camila Stefanelli, aqui!

Confira a websérie Escolas Conectadas!

Dividida em cinco episódios, um de cada região do país, a websérie retrata diferentes
realidades e como os cursos da plataforma Escolas Conectadas contribuíram nas práticas
pedagógicas dos educadores. Não perca! Assista aos vídeos aqui!




Notícias


Acervo


Projetos



Pense Grande

O Programa Pense Grande da Fundação Telefônica Vivo é uma iniciativa que […]



Inova Escola

Em linha com os desafios da atualidade para o desenvolvimento de uma […]



Escolas Rurais Conectadas

Atualmente, existem cerca de 67 mil escolas públicas do campo distribuídas nos […]