EMEF Maria Luíza Fornasier Franzin – SP

preview-full-inovação_na_educação_Maria_Franzin_736x341

Águas de São Pedro/SP Zona urbana Segmento – Ed.Infantil, Fundamental 1 e 2 Inovações - Formação em Cultura Digital - Formação de Educadores Dinamizadores - Aprendizagem por projetos - Celular nas salas - Mostras de Projetos - Aproximação da Comunidade - Educação IntegralA EMEF Maria Luíza Fornasier Franzin está localizada no município Águas de São Pedro, em São Paulo. A cidade de quase três mil habitantes tem o melhor índice educacional do Brasil, segundo dados do Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios (IDHM) divulgados em 2013. A inexistência da evasão escolar se deve tanto a participação da comunidade, fundamental na construção de uma pedagogia inovadora e participativa, como também a oferta de contraturno em atividades que vão desde música até oficinas de robótica.

Foi entendendo o potencial criativo de uma cidade disposta a investir em educação que a Fundação Telefônica Vivo iniciou em 2014 uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Águas de São Pedro. O projeto Inova Escola concedeu à escola 400 tablets e notebooks para potencializar e criar novas metodologias de aprendizagem. Em um processo de cocriação com a escola, os educadores estão sendo formados nas áreas de inovação educativa e cultura digital.

Na cidade com Evasão Escolar Zero, EMEF Maria Luíza Fornasier Franzin inova com Cultura Maker e Aprendizagem por projeto.

Esse trabalho em conjunto prevê a construção de um projeto político pedagógico que permita à escola refletir sobre como sua pedagogia pode atender as demandas e especificidades de uma educação do século XXI.  As transformações visam tornar o professor um mentor do processo de aprendizagem, consolidar as práticas pedagógicas digitais, desenvolver competências para o século XXI, promover a autonomia de alunos e educadores e também a adoção de novas metodologias.

Introduzir os educadores e alunos à Cultura Maker também é uma das frentes do projeto e o primeiro dos Ciclos de Aprendizagem propostos. A aproximação é frutífera, pois promove uma atitude de colaboração e protagonismo entre alunos e professores, além de valorizar a relação da educação com a tecnologia. Esse ciclo pretende trazer insumos e vivências para o segundo ciclo, Aprendizagem por Projetos.

Compreendendo a realidade digital dos seus alunos, a EMEF Maria Luíza Fornasier Franzin promove uma relação entre eles e as TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação). O celular se converte em uma ferramenta de aprendizado e tanto os alunos quanto professores utilizam o WeClass, uma plataforma pedagógica acessível por meio de qualquer dispositivo móvel. Nela, o educador pode facilmente criar uma aula interativa, com múltiplos discursos digitais, e convidar os alunos a participarem e acompanharem o conteúdo.

Quarenta educadores e mais de 550 estudantes do 1º ao 9º de Ensino Fundamental já foram beneficiados pelo projeto Inova Escola.

Confira o episódio sobre a EMEF Maria Luíza Fornasier Franzin da Websérie Inova Escola:




Notícias

    


Acervo




Projetos



Pense Grande

O Pense Grande é um programa de difusão da cultura do empreendedorismo […]



Inova Escola

Em linha com os desafios da atualidade para o desenvolvimento de uma […]



Escolas Rurais Conectadas

Atualmente, existem cerca de 67 mil escolas públicas do campo distribuídas nos […]