5º Edição – Sobre

02 de dezembro de 2016

img_0787_bxresolCercada de muita expectativa, a cerimônia de premiação aconteceu na Sala São Paulo, no centro da cidade de São Paulo. Pela manhã os finalistas tiveram oportunidade de se encontrar e conhecer as histórias de cada um. Durante o evento, centenas de pessoas assistiram à leitura dramática de uma das histórias finalistas, feita pela atriz Selma Egrei, sob a direção de Valdimir Capella. O cantor Toni Garrido fez uma apresentação musical especial, acompanhado pela Orquestra Alegro, com a regência do maestro Renato Misiuk.

Veja fotos da noite de premiação do 5o. Concurso Causos do ECA

Os premiados

Sueli Leite da Silva Pereira, de São José dos Campos (SP), foi a vencedora em “ECA como Instrumento de Transformação – versão texto”, narrando a história de um menino que, esperando ter uma vida melhor, foi viver com a prima em outra cidade. Nessa nova casa, o menino passou a ser obrigado a fazer todas as tarefas domésticas e foi impedido de freqüentar a escola. Mas, uma vizinha percebeu o problema e o levou ao Conselho Tutelar, que identificou os maus-tratos. A partir daí, ele ficou em abrigo, enquanto o paradeiro de seu pai era rastreado. Finalmente, o pai foi localizado e se dispôs a buscá-lo.

Na versão vídeo, o prêmio foi para a equipe formada por Mariza Benevenuto da Costa, Marília Barroso de Paula, Sandra Mara Galeano Lacerda, Ricardo Vieira de Paiva e Richarles de Paula Souza, de Cataguases (MG). Utilizando bonecos, a animação narra a história de João, menino que sofria com problemas familiares, em especial o alcoolismo do pai. O Conselho Tutelar recebe denúncia e encaminha a família para a rede de proteção.

Talitha de Melo e Silva Barbosa, de João Pessoa (PB), venceu a categoria “ECA na Escola – versão texto”, com o causo A aula de Ana Lúcia. Trata-se da história de uma menininha com menos de 10 anos que sofreu racismo da professora e não teve dúvida: correu ao orelhão e discou 190. Foi atendida, a viatura policial foi na escola e a professora acabou perdendo o cargo. Atualmente, a menina estuda em outra escola e apresenta um desempenho muito bom.

Já na versão vídeo, a vencedora foi Mariana Sant´Ana Miceli, de Florianópolis. O vídeo é um documentário sobre o projeto “Crescer Direito”, que surgiu a partir de uma idéia que nasceu na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), atravessou os muros acadêmicos e foi parar na sala de aula de uma escola estadual. Através de jogos cooperativos, debates e atividades lúdicas, orientadas pelo professor de sociologia da escola e os alunos de pós-graduação em Direito, os adolescentes da escola estadual vivenciaram os princípios do ECA.

Entre os empregados do Grupo Telefônica, o primeiro lugar ficou com Tianny Janes Lemos, de São Paulo. O causo conta a história de três irmãs que sofriam com o alcoolismo da mãe e do padrasto. As meninas passavam fome, foram afastadas da escola e acabaram sob a tutela de uma tia, que as acolheu com amor. A mãe, no entanto, se recuperou e as reconquistou.

Na ocasião também foi lançado o livro “Causos do ECA: Sua História é a Nossa História”, com os causos finalistas comentados por personalidades como Heloísa Prieto, Antônio Carlos Gomes da Costa, Fani Hisgail, Miguel Arroyo, Milu Vilela, Raí de Oliveira e Sérgio Haddad. As 32 histórias finalistas também estão disponíveis no portal (www.promenino.org.br).

Vencedores do 5º Concurso Causos do ECA: 

Categoria “ECA como Instrumento de Transformação” – Texto

1º – Sueli Leite da Silva Pereira, de São José dos Campos (SP) – Um sonho realizado pelo direito garantido
2º – Francismar Lamenza, de São Paulo (SP) – A prioridade absoluta do ECA para uma criança muito especial

Categoria “ECA como Instrumento de Transformação” – Vídeo

1º – Mariza Benevenuto da Costa, Marília Barroso de Paula, Sandra Mara Galeano Lacerda, Ricardo Vieira de Paiva e Richarles de Paula Souza, de Cataguases (MG) – Transformando Vidas
2º – Abimael Moura Santos e Oswaldo Filho, de Gandu (BA) – Brincadeira

Categoria “ECA na Escola” – Texto

1º – Talitha de Melo e Silva Barbosa, de João Pessoa (PB) – A aula de Ana Lúcia
2º – Luciane Maria Carmeille, de Peruíbe (SP) – Unidos nós fazemos a diferença

Categoria “ECA na Escola” – Vídeo

1º – Mariana Sant´Ana Miceli, de Florianópolis (SC) – A vida é uma invenção
2º – Claudete Filomena Richieri, de Jaú (SP) – Turma da Maga em cena

Etapa Empregados Telefônica
1º – Tianny Janes Lemos, de São Paulo (SP) – A lei do amor
2º – Rafael Cruz Ribeiro, de São Paulo (SP) – Dois Meninos



Deixe uma resposta aqui